quarta-feira, 29 de junho de 2011

Quando fui chuva...


Quando já não tinha espaço, pequena fui
Onde a vida me cabia apertada
Em um canto qualquer,
Acomodei minha dança, os meu traços de chuva
E o que é estar em paz
Pra ser minha e assim ser tua
Quando já não procurava mais
Pude enfim nos olhos teus, vestidos d'água,
Me atirar tranquila daqui
Lavar os degraus, os sonhos, as calçadas
E, assim, no teu corpo eu fui chuva
... jeito bom de se encontrar!
E, assim, no teu gosto eu fui chuva
... jeito bom de se deixar viver!
Nada do que fui me veste agora
Sou toda gota, que escorre livre pelo rosto
E só sossega quando encontra tua boca
E, mesmo que eu te me perca,
Nunca mais serei aquela que se fez seca
Vendo a vida passar pela janela

sábado, 25 de junho de 2011


Chico Xavier costumava ter em cima de sua cama uma placa escrita:"Isso também vai passar!"                        Então perguntaram a ele o porquê disso... Ele disse que era para que quando estivesse passando por momentos ruins, se lembrar de que eles iriam embora, que iriam passar, e que ele estava vivendo isso por algum motivo.  Mas essa placa também era para lembrá-lo de que quando estivesse muito feliz, não deveria deixar tudo para trás e se deixar levar, porque esses momentos também iriam passar e momentos difíceis viriam novamente.  É exatamente disso que a vida é feita, momentos. Momentos que TEMOS que passar, sendo bons ou não, para o nosso próprio aprendizado. Nunca esquecendo do mais importante: Nada nessa vida é por Acaso. Absolutamente nada! Por isso temos que nos preocupar em fazer a nossa parte, da melhor forma possível.  A vida nem sempre segue o nosso querer...

Pedido...



Quando a noite tiver chegado
E a terra estiver escura,
E a lua for a única luz que veremos,
Não, eu não terei medo. Não, eu não terei medo
Desde que você fique. Fique comigo

Então querido, querido,
Fique comigo. Oh, fique comigo,
Oh, fique. Fique comigo,
Fique comigo...

Se o céu que vemos lá em cima
Desabar e cair
Ou as montanhas desmoronarem no mar
Eu não chorarei, eu não chorarei
Não, eu não derramarei uma lágrima,
Desde que você fique. Fique comigo

Quando você estiver com problemas, você contará comigo?
Oh, conte comigo
Oh, você não ficará agora?
Conte comigo

terça-feira, 21 de junho de 2011

Mundo Particular...




Quando eu era espera
Nada era, nem chovia
Nem fazia
Só sentir que a calma
Não acalma
Quando só há solidão

Quando eu era estrela, era inteira
Na mentira que eu dizia
Ser o que não era convencia
Dentro da minha ilusão

Quando eu fui nada
Faltou nada, tudo pronto pra escrever...

Eu não sabia buscar
Foi quando apareceu
O que eu quis inventar
Pra preencher o meu
Mundo particular

No peito que era seu
No seu mundo não há
Mais nada que não eu
Já sei dizer que o amor
Pode acordar

sábado, 18 de junho de 2011

A Moça...

Lá está ela, mais uma vez. Não sei, não vou saber, não dá pra entender como ela não se cansa disso. Sabe que tudo acontece como um jogo, se é de azar ou de sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode prever, mas ela dispensa. Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas.De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar. Ela não desiste e leva bóias. E se ela se afogar, se recupera. Estranho e que ela já apanhou demais da vida. Essa moça tem relacionamentos estranhos, acho que ela está condicionada a ser uma pessoa substituta. E quem não é? A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas? A moça…ela muito amou, ama, amará, e muito se machuca também. Porque amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar. Às vezes esse alguém aparece, outras vezes, não. E pra ela? Por quem ela espera? E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará.  A moça – que não era Capitu, mas também têm olhos de ressaca – levanta e segue em frente.  Não por ser forte, e sim pelo contrário… Por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda.

               (Caio Fernando de Abreu)

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Névoa...


Caminhei por horas durante esta tarde, até que noite me escondeu em meio a sua névoa. Havia um problema no qual não desejava falar com  ninguém. Peguei um táxi, onde por sua vez o motorista percebeu que existia um problema. Perguntou qual era, e mais uma vez tentei fugir daquela angustia que me afligia. Imaginava que não conversando com ninguém manteria aquilo apagado, morto e talvez assim o problema se resolvesse sozinho. Me sentia muito mal, por buscar de todas as formas fazer ele feliz. Não compreendia como era possível amar tanto alguém sem saber como se deve amar. Não tinha dúvidas que o amava. Amava muito e até achava que este era o problema. Muitas vezes amar demasiadamente o outro, terminamos nos esquecendo o os sufocando com nossos sentimentos que julgamos serem os melhores. Enquanto isso, a outra pessoa pede mais espaço, tempo e se afasta de você. Imaginei por segundos que ele não voltaria. Que me despediria dele e nunca mais o veria. Não iria conseguir viver assim. Então resolvi apreciar o que tenho. Não sufocar. Apenas amá-lo. Este táxi me leva ao encontro de meu eterno amante. 

terça-feira, 14 de junho de 2011

Como antes....


Já estive dentro de uma tempestade, mas o sol hoje raiou pela minha janela com mais intensidade. Seus raios, iluminaram por uma fresta do quarto o seu sorriso. Não era o mesmo sorriso de ontem. Havia mais pureza e amor. Seus olhos procuravam o meu olhar, mas não resistiu e percorreu  as curvas do meu corpo.  Estava exausta, um pouco abatida ainda das últimas noites ma dormidas devido a tempestade. Mas seu carinho me disse que não era tarde para amar e desejar você. Nos perdemos entre os lençóis e sua voz ao meu ouvido me fazia ficar completamente bem. Por um instante paramos e nos olhamos fixamente. Concentrados nos encontramos em um longo beijo. Saudade já não existia mais. Eramos os mesmos de antes, só que envolvidos com mais intensidade. Me sinto grandiosa. Amada? Não vejo necessidade em dar respostas. Na vida há sentimentos que muitas vezes são intensos e verdadeiros por serem ocultos. Exclusivos da pessoa direcionada. Pelo sorriso, pelo olhar. Por nada. Apenas pelo silêncio sabemos o que sentimos. 
Ah... e a tempestade? Sempre virá! Então nos amaremos na chuva e depois nos esquentaremos com nossos corpos, durante o raiar do sol.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Tudo...


♪ Músicas online grátis! Acesse: www.powermusics.com

Me encontre aqui,
E fale comigo
Eu quero te sentir
Eu preciso te ouvir
Você é a luz
Que está me guiando para o lugar
Onde encontrarei paz... novamente

Muitas vezes ...

Você é a força
Que me faz andar
Você é a esperança
Que me faz confiar
Você é a vida
Para minha alma
Você é meu propósito
Você é tudo

E como eu poderia ficar aqui com você
E não me comover com você?
Me diga, como isso poderia ficar melhor?

Você acalma as tempestades
E você me dá repouso
Você me segura em suas mãos
Você não vai me deixar cair
Você roubou meu coração
E me deixou sem fôlego
Você vai me receber?
Vai me atrair mais ainda?

E como eu poderia ficar aqui com você
E não me comover com você?
Me diga, como isso poderia ficar melhor?


Foto: Cedida pelo amigo Júnior Patu (Brigadinho )

Restos do que fui...

Um poço escuro e muito frio. Assim estão os sentimentos nesse momento. Tudo muito escuro, confuso e embaraçado. Não conseguir se desvencilhar de um passado que muito foi, mas que hoje só há cinzas e nada diz. Travo. Nada digo e fico apenas calada ao lado teu. O coração bate lento como se fosse parar. Sei que posso ficar aqui, neste mesmo local esperando um dia chuvoso e assim sentir ainda mais frio. Um frio de duplo sentido. Sinto tanto medo que dá frio. O clima só deixa tudo mais tenebroso e sem graça. Nesse momento o meu coração acelera o batimento e o sinto pulsar em meus lábios que desejam falar tudo o que sinto. Mais uma vez: travo. Me corto então com meus próprios erros  fecho o meu coração escondendo tudo o que queria dizer. Machuco-me e deixo-me doer. Sei que em determinando momento ficará apenas os pedaços, até que não sobrará mais nada. Os restos do que eu fui um dia. Então respiro fundo e me disfarço em conversas de duplos sentidos. Mas eu mantenho meus olhos em você. Estou pronta pra esperar você me chamar pra perto e assim me tirar dessa escuridão confusa e dolorida. A tristeza em meu olhar não terá mais importância alguma, sobressairá apenas o brilho do seu sorriso. Você me arrancará daqui. Desse poço onde os fantasmas do passado insistem em me atormentar Então onde quer que você esteja, com quem quer esteja, o que quer que esteja fazendo sei que irá me libertar desses grilhões. Tire de mim, mais uma vez, todo o sentimento preso por outro. Mostrará o caminho onde abrirei meus olhos e verei uma saída desse mundo. Abrace-me e não olharmos para trás.

domingo, 12 de junho de 2011

Horizonte...

Ultimamente tenho me sentido enamorada pelo sorriso contagiante da alegria. Atraída pelo aroma doce do vinho. Saboreando o gosto amargo do chocolate. Sentindo uma pele macia e aveludada envolvida aos meus desejos. Então aproximei meus olhos ao horizonte e o vi de longe. Vi que seu sorriso, seu cheiro, seu sabor e pele me foram e são o bastante para reencaixar pedaços que estavam fragmentados devido um passado, ainda tão presente. O cuidado qual a mim foi dedicado é de uma delicadeza e felicidade tamanha. Aos poucos percebemos que surgiam desejos íntimos. Apesar da distância eramos capazes de sentir um ao outro, inalar o cheiro do outro. Sentir a presença tão forte, quanto real. O desejo era tão intenso que nada nos afrontava. Não temos nada concreto, mas a intimidade e realidade nos conduzirá sempre com nosso elo de amizade e companherismo. Seguiremos tranquilos, calmos pelos caminhos que o horizonte nos levar.

                                         

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Revigorado...



Se você está sofrendo por causa de um amor perdido. Eu tenho más noticias! Não há nada que você possa fazer, e não há ninguém que possa ajudá-lo. Na melhor das hipóteses você vai ter um amigo paciente, para levá-lo a um bar e ouvir suas queixas. E eventualmente buscar você em um bar e levá-lo pra casa com segurança nos dias em que você se comportar feito um louco. Na verdade até existe alguém capaz de curar sua dor. Mas esse alguém, não costuma ter pressa. Ele se chama: TEMPO. Portanto procure levantar a sua cabeça e dar um passo adiante. Por menos que seja, porque você ainda tem um longo caminho a percorrer dentro desse inferno. Ter pena de você mesmo não vai adiantar em nada. E por mais que você não acredite, eu posso garantir que você têm algum prazer em cultivar esse sofrimento. Sim! Estar triste é uma forma de exercer uma paixão quando o alvo dessa paixão já se foi e você está usufruindo o seu direito de viver eternamente apaixonado. Isso é ótimo, prova que você é um romântico. Mas, coisas ótimas não costumam ser baratas e você têm que pagar seu preço. Em algum momento isso vai passar. E nesse caso quando o furacão for embora, ele não deixará destroços. Tudo estará no seu devido lugar, como se nada tivesse acontecido. Você vai recuperar suas noites de sono, vai se sentir revigorado, vai estar feliz consigo mesmo vai levantar sua auto-estima. Você vai estar pronto para entregar seu coração a outra pessoa mesmo correndo o risco de parti-lo em mil pedaços novamente, porque o AMOR sempre vale à pena!!

terça-feira, 7 de junho de 2011

Sorrisos...


A noite chega e com ela vêm também a sensação de frio, medo que a escuridão nos traz. As vezes chego a sentir meu corpo estremecer todo... Mas não é do frio e nem do medo. Estremeço com sua respiração ofegante ao meu ouvido, estremeço quando você se aproxima de trazendo calor humano. A sensação de saber que há alguém especial e que acima de tudo é companheiro é deliciosa. Realização plena.
Então vejo que é hora de deitar em seu colo e mais uma vez dormir ao som de sua respiração.
Amanhã pela manhã acordarei com um lindo brilho me iluminando os olhos. O brilho de seu sorriso irradiando alegria completando a razão do raiar de mais um dia.

Seu rosto



Eu estava ...
Fechada para o amor
Eu não precisava da dor
Uma ou duas vezes foi suficiente
Mas foi tudo em vão
O tempo começava a passar
Antes que você percebesse, estava congelada

Mas alguma coisa aconteceu
Pela primeira vez com você
Meu coração derreteu pelo chão
Achei alguma coisa verdadeira
E todo mundo está olhando
Achando que estou ficando louca

Mas eu não me importo com o que dizem,
Eu estou apaixonada por você,
Eles tentam me afastar
Mas eles não sabem a verdade,
Meu coração está danificado na veia
Que eu continuo fechando
Você me corta e eu...

Continuo sangrando,
Continuo, continuo sangrando amor
Continuo sangrando,
Eu continuo, continuo sangrando amor,
Continuo sangrando,
Continuo, continuo sangrando amor
Você me corta

Tentando o máximo para não ouvir
Mas eles falam muito alto
Os barulhos irritantes deles enchem meus ouvidos
Tentam me encher de dúvidas
Embora eu saiba que o objetivo
É evitar que eu me apaixone

Mas nada é maior
Do que a sensação que vem com seu abraço
E nesse mundo de solidão
Eu vejo seu rosto
Entretanto todo mundo ao meu redor
Acha que estou ficando louca, talvez, talvez

Mas eu não me importo com o que dizem,
Eu estou apaixonada por você,
Eles tentam me afastar
Mas eles não sabem a verdade,
Meu coração está danificado na veia
Que eu continuo fechando
Você me corta e eu

Continuo sangrando,
Continuo, continuo sangrando amor
Continuo sangrando,
Eu continuo, continuo sangrando amor,
Continuo sangrando,
Continuo, continuo sangrando amor
Você me corta

E está drenando tudo de mim
Oh, eles acham difícil de acreditar
Eu carregarei essas cicatrizes
Para todo mundo ver

Mas eu não me importo com o que dizem,
Eu estou apaixonada por você,
Eles tentam me afastar
Mas eles não sabem a verdade,
Meu coração está danificado na veia
Que eu continuo fechando
Você me corta e eu

Continuo sangrando,
Continuo, continuo sangrando amor
Continuo sangrando,
Eu continuo, continuo sangrando amor,
Continuo sangrando,
Continuo, continuo sangrando amor
Você me corta e eu

O valor da vida



Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes, não são promessas. E comeca a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quao boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que leva-se anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem da vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa - por isso, sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a ultima vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.

Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências.

Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.

Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!"

               (Shakespeare)

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Ilegais



Os loucos dizem que isso é paixão.
Outros arriscam dizendo que é passageiro como o vento.
Mas no fundo sabemos que será eterno enquanto durar.

Será eterno os nossos sorrisos que se entregam...
O brilho nos olhos em um momento de nossas vidas...
E as malignas línguas  de nada adiantaram...

A hipocrisia irá nos dar paz e consolo.
A maldade voraz se perderá no desejo do fim.
Enquanto nos entregamos ao nosso prazer.


Pois eu quero você pertinho de mim...
Eu quero você dentro de mim...
Só sei que quero você em cima de mim...

domingo, 5 de junho de 2011

Seu olhar..



Há um jeito que você me olha...
Uma forma de falar ao meu ouvido,
Que faz meu coração disparar.

Bate então uma vontade que eu não sei nem o que.
Você se aproxima e me tira o mais lindo sorriso.

Mas sem você tudo fica sem sentido...
Continuo a sorrir mesmo assim.
Sei estas escondido me observando.

Tranqüilidade enche nossos corações de bençãos.
E há um fogo que vai queimar a lenha nos pegando em cheio como furacão.

Minha Herança: Uma flor...


Achei você no meu jardim
Entristecido
Coração partido
Bichinho arredio
Peguei você pra mim
Como a um bandido
Cheio de vícios
E fiz assim, fiz assim
Reguei com tanta paciência
Podei as dores, as mágoas, doenças
Que nem as folhas secas vão embora
Eu trabalhei
Fiz tudo, todo meu destino
Eu dividi, ensinei de pouquinho
Gostar de si, ter esperança e persistência
Sempre
A minha herança pra você
É uma flor com um sino, uma canção
Um sonho, nem uma arma ou uma pedra
Eu deixarei
A minha herança pra você
É o amor capaz de fazê-lo tranqüilo
Pleno, reconhecendo o mundo
O que há em si
E hoje nos lembramos
Sem nenhuma tristeza
Dos foras que a vida nos deu
Ela com certeza estava juntando
Você e eu

sábado, 4 de junho de 2011

Escrito nos lençóis...



Precisamos não dormir até se consumar o tempo da gente...
Vivemos nosso mundo devagar, mas urgentemente e
Descobrimos um tempo que fazemos, refazemos e desfazemos....

Mas houve um tempo que colocou nos nossos corpos juntos..
Recolheu alguns sentimentos, dando espaços a novas sensações..
E assim no emaranhado de lençóis escrevemos uma linda noite de amor.

Prometemos nos querer até tudo cair.
Preferimos partir a tempo de não perder agente...
Depois de se desvencilhar de algumas coisas voltamos a nos encontrar ...
Em nosso ninho relembrando nossos momentos, escritos nos tecidos dos lençóis.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

O que é o Amor?





Muitos abrem a boca e dizem: Eu Te Amo!!!
Mas poucos são os que se perguntam "O que é o AMOR"...
Então mais uma vez recorri ao meu dicionário e cá estou pra dizer a vocês o meu significado de AMOR..


Amor é um sentimento que predispõe alguém a desejar o bem de outrem, ou de alguma coisa;
Amor é sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro ser ou a uma coisa; devoção extrema;
Amor é sentimento terno ou ardente de uma pessoa por outra, e que engloba tb. atração física;


Amor é sentimento de afeto ditado por laços de família;
Amor é adoração, veneração, culto;
Amor é passageiro e sem conseqüência; capricho;

Amor é afeição, amizade, carinho, simpatia, ternura;
Amor é inclinação ou apego profundo a algum valor ou a alguma coisa que proporcione prazer; entusiasmo, paixão;
Amor é Muito cuidado; zelo, carinho.

Deste modo percebi que quem realmente AMA está disposto a ajudar ao outro crescer. 
Se dedica não só a si mesmo, mas também aos sonhos e planos do outro.
Quando se ama bate um desejo enorme de ter envolvido nos braços do outro.

Mas entendi também que existem amores passageiros e amores de capricho, que só pensam em si mesmo...
Pessoas que dizem amar, mas têm desapego ao carinho, zelo e cuidado...
Que muitos dizem que amam e desiste do AMOR. Será que realmente ama?

Tantas perguntas e poucas respostas. Mas as atitudes mostram e explicam.
Pra somar a tudo isso me pergunto: Depois de tantas explicações e afinidades com o termo Amor, será que Eu Te Amo??

Não sei!! 
Sei apenas que eu também adoro te ter em minha vida..
Que isso tudo vai ser eterno.


quarta-feira, 1 de junho de 2011

Presença ausente..


Hoje lembrei do seu beijo doce..
Seu abraço apertado e seguro...
Dos sorrisos que nos proporcionamos...
Isso é real....

Malicioso.


Brutu'S...


Sabe quando até as coisas mais simples começam a perder o sentido?
Quando horas de conversas se resumem ao simples som do ponteiro do relógio
Ou quando a beleza de um sorriso é ofuscada pela escuridão de uma lágrima?


Nesses momentos pensamos que tudo está se ruindo em mil pedaços...
Que aqueles loucos devaneios estão se perdendo na força do vento...
Imaginamos que nada mais que se faça terá valor....


Mais ai vêm você, de mansinho com aquele olhar terno e malicioso ao mesmo tempo.
Chega mais perto, me abraça e mostra que não adianta entender as coisas pelo lado errado.
Diz que a fonte de inspirações não está seca, mas sim se reabastecendo.


Me bate então uma vontade súbita de permanecer ao seu lado...
Um desejo de tocar sua pele macia que exala o mais doce dos perfumes...
E tudo que era sem sentido, volta a ser simples, verdadeiro, único e NOSSO!!


                               TAM' (mesmo mesmo)


Brutinha

No nosso lugar...





O que a gente vai fazer com essa paixão??
Distraido coração...
Eu fiz festa pra esse amor a noite inteira

Nada sobre o silêncio
Hoje eu vou ficar aqui até você passar


O que a gente vai fazer com essa paixão??
Distrair da solidão...
Que passeia em frente a minha lua cheia
Sem deixar sombras no chão

Nem um sinal, nem um recado
Hoje é melhor deixar o amor fora do Ar!
Tudo acontece, eu sei, tudo se entende
E de repente tudo volta pro lugar

O que a gente vai fazer com essa paixão??
Distrair da solidão...

Tudo acontece, eu sei, tudo se entende
E de repente tudo volta pro lugar...
Nem um sinal, nem um recado
Hoje é melhor deixar o amor fora do Ar


Tudo acontece, eu sei, tudo se entende
E de repente tudo volta pro mesmo lugar!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...