sábado, 30 de julho de 2011

Desabafo...


Sabe, à pouco sonhei com você. Chegavas perto de mim, me olhava com uma face serena, enquanto passava a mão levemente em meus cabelos. Sua voz firme me dizia que tudo tinha sido apenas um pesadelo que já passara.
Acordei. Atordoada desejei loucamente que aquilo tivesse sido real. Mas não era! Eu continuava sozinha nesta cama de hospital, em um quarto escuro onde o único som emitido é o da tv que agora estar fora do ar. Então olhei rapidamente para o celular na esperança de haver uma chamada, uma mensagem ou qualquer coisa que viesse de você. Mais uma vez: não! 
Tudo bem, essa lágrima que escorreu em minha face e molhou a receita médica onde escrevo este desabafo, irá secar da mesma forma que esta folha secará logo.
Nunca imaginei que em um momento usaria este espaço pra escrever sobre sua ausência de minha vida, até porque o intuito era eu, você.. nós escrevermos o que o coração desejava e emitia devido a presença do outro.
Agora... já em casa e repassando este texto para o seu devido lugar, confesso que novas lágrimas saem de mim. Ouço a música "Easy-Lionel Richie".. Não! Não está tudo tranquilo! Todos dizem que passa, que tudo na vida passa. Mas por que não pensam no que sentimos no agora, enquanto a dor.. a tristeza ou a lágrima não passa? 
Eu estou desesperada, sentindo sua falta. Sua ausência está me consumindo. Não ouvir sua voz me causa tremor no corpo. Estou ha quase duas horas olhando pra sua janela do msn sem ter coragem falar, de dizer o que tô sentindo ou apenas um Olá' ...
Então paro e penso em tudo, tudo, tudo ...
Na verdade nem sei se lerá esse post e me pergunto o motivo de continuar escrevendo aqui. 

É.... hoje foi porque precisei desabafar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...