quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Dois em um...


Hoje sua ausência me fez perceber o quanto eu gostaria de te querer um pouco menos, de por alguns instantes perdidos no tempo pudesse viver sem você. Me encantaria se algum instante do dia parasse e não pensasse em você, no seu sorriso, o seu olhar penetrante. 
Mas não consigo. Na verdade, eu não posso. Seria a mesma coisa de um peixe viver fora d'água ou uma flor viver sem terra. Desde o dado momento qual você passou a fazer parte da minha vida, alegrando meus dias. E estar com você é simplesmente a ação que me preenche.
As vezes nos afastamos, ficamos distantes por motivos fúteis e isso me  tira o chão. Tenho a sensação de que vais me apagar de sua vida com um único sopro, ou me guardar na gaveta junto de nossas recordações. Enquanto sonho com você, nossa pele, lábios e um calor.
Confesso, que realmente queria te lançar no esquecimento e assim voltar a me amar mais, viver outro mundo que você não seja abas. Mas, são tantos querer para um único sentimento que insiste apesar dos  tempos se manter forte e intenso. És inevitável, quase como sem respirar.
Resta-me apenas caminhar querendo tudo isso, imaginando coisas e te amando intensamente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...